Cadela é adota por diretor de presídio e reforça segurança em São Lourenço


Uma cadela de 6 meses, que estava prestes a ser abandonada, em São Lourenço, no Sul de Minas, virou reforço para a segurança do presídio da cidade. A vida de "Hera" começou a mudar quando uma funcionária do canil recebeu a cachorra. Ela fotografou o animal,que é da raça Pastor Alemão, e postou em uma rede social. Pouco tempo depois, ela foi adotada pelo diretor do presídio. Confira esta história.




Comentários