IBGE aponta que cresceu número de trabalhadores na informalidade


Um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, aponta que no Brasil, o número de trabalhadores informais, aqueles que não tem vínculo com nenhuma empresa, cresceu de julho a setembro deste ano quando comparado com o trimestre anterior. O aumento foi de 1,8%. Em Minas, o trabalho informal aumento 3,45%. O crescimento de postos informais ajuda a diminuir a taxa de desemprego, mas é desfavorável para o trabalhador, que não tem garantias. Confira na reportagem do Rafael Silva.




Comentários