Operação: 5 são presos por venda ilegal de combustíveis


Cinco pessoas foram presas durante uma operação para combater a venda ilegal de combustível, em Jaiba, no norte de Minas. Segundo a Policia Civil, a operação tanque cheio identificou cinco pontos de comércio ilegal na região do Projeto Jaiba. A investigação aconteceu durante a paralisação nacional dos caminhoneiros, que começou no fim do mês de maio e terminou no início de junho deste ano. Denúncias informaram que algumas pessoas aproveitaram o desabastecimento dos postos para estocar e revender combustíveis em casa ou comércios. Após o fim da greve, a ação ilegal continuou. Foram apreendidos oitocentos litros de combustíveis e cerca de R$ 400 mil em dinheiro e cheques. A polícia estima que esses cinco envolvidos vendiam aproximadamente cinco mil litros de combustível por mês. Camilo Frâncico Dias, de 45 anos, Milton Borges das Santos, de 49, Silvano Neto Costa, de 21, José Onofre de Sá, de 51, e Vanilda Barbosa Oliveira, de 49 anos, foram presos pelo crime contra a ordem econômica. Se condenados, podem pegar até cinco anos de prisão. Os quatro homens foram levados para o presidio de Manga. Já a mulher foi para o presidio feminino de Itacarambi.

 




Comentários