Rede Pública: Programa Jovens Embaixadores está com inscrições abertas


O Programa Jovens Embaixadores está com inscrições abertas até o dia 9 de agosto. Esta é a 16ª edição. A iniciativa, que foi lançada em 2002 pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e já beneficiou mais de 500 jovens, é direcionada a estudantes do Ensino Médio da rede pública de ensino, que tenham interesse de participar de um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos.

As inscrições podem ser feitas pelo endereço http://www.jovensembaixadores.org/2018. Entre os requisitos, os candidatos precisam ter entre 15 e 18 anos – é necessário ter, ao menos, 15 anos em 09 de janeiro de 2018 e não completar 19 anos até 04 de fevereiro do mesmo ano –, nacionalidade brasileira, boa fluência oral e escrita em inglês, excelente desempenho escolar, além de estar atualmente engajado em atividades de responsabilidade social ou voluntariado e comprovar ter realizado ao menos 12 meses – contínuos ou não – de trabalho voluntariado.

No momento da inscrição, os estudantes devem preencher o pré-cadastro e vão receber, imediatamente, uma resposta automática dizendo se estão ou não enquadrados dentro dos pré-requisitos básicos do Programa. Os aprovados serão direcionados para o preenchimento do formulário de inscrição, que deve ser concluído até 23 de agosto; em seguida, selecionar a Instituição Parceira (IP) mais próxima e localizada no estado onde estuda, que receberá toda documentação enviada pela internet e os auxiliará em todas as possíveis dúvidas. Após isso, é importante carregarem a foto, os documentos comprobatórios dos pré-requisitos e clicar em “formulário concluído”.

Assim que encaminha o formulário, o candidato recebe uma mensagem informando que o processo foi concluído e que o material está no banco de dados do programa para revisão, até 06 de setembro, pela IP selecionada. Os selecionados pelas instituições parceiras serão informados sobre a aprovação para o exame escrito, que ocorrerá no dia 15 de setembro, das 14 às 17 horas, em local a ser definido pela IP. Confira aqui todas as demais etapas do processo seletivo.

No dia 12 de janeiro, os selecionados viajam para os Estados Unidos. Durante a primeira semana, conhecem a capital do país e seus principais monumentos, participam de reuniões com organizações do setor público e privado, visitam escolas e projetos sociais e participam de oficinas sobre liderança, voluntariado e justiça social.

Após a semana em Washington, os participantes são divididos em grupos menores e viajam para diferentes estados norte-americanos, onde são recebidos por famílias anfitriãs, frequentam aulas em escolas locais e interagem com estudantes americanos da mesma idade, além de participarem de atividades de voluntariado, fazerem apresentações sobre o Brasil e desenvolverem projeto sobre justiça social.

Na última etapa do programa, eles retornam à capital americana para encontro com autoridades do governo, apresentação dos projetos elaborados na área de justiça social e voluntariado e avaliação geral do programa. Além disso, os participantes deverão apresentar um plano de ação na área de justiça social e voluntariado para implementação em suas comunidades.

Em 2017, quatro estudantes de Minas Gerais estavam entre os 50 brasileiros que participaram do intercâmbio nos Estados Unidos.

Foto: Divulgação




Comentários