Suspeito de envolvimento em ataque a banco é preso


E, ontem à noite, a Polícia Militar de Cordeirópolis, no interior de São Paulo, prendeu três 
pessoas suspeitas de envolvimento no ataque às duas agências bancárias em Campo do Meio, no
sul de Minas. Um homem, Carlos Roberto Santos de 39 anos, procurou atendimento médico em um
hospital da cidade paulista. Segundo a pm, ele estava com uma bala de revólver alojada na perna.
Outras duas pessoas, um homem e uma mulher, que estavam com ele, também foram detidas. O crime
foi na madrugada de ontem, quando pelo menos 10 pessoas participaram das explosões ao banco do
brasil e bradesco da cidade no sul de Minas. Houve troca de tiros com a pm e um dos bandidos
foi morto no local. Os policiais informaram ainda que o homem preso em Cordeirópolis foi levado
sob custódia para a Santa Casa de limeira, também no interior de São Paulo. Ele deve passar
por cirurgia para a retirada do projétil. Os outros dois suspeitos, passaram a noite na
delegacia de cordeirópolis. Segundo a pm, o trio confessou participação no ataque.
A polícia ainda segue nas buscas por mais integrantes da quadrilha.

 




Comentários