Boa Esperança: professora que amarrou aluno é condenada pela justiça


Uma professora e uma escola municipal foram condenadas a pagar uma indenização de R$ 6 mil à família de um ex-aluno. A criança teria sido amarrada pela mulher a uma cadeira. O caso foi foi há quatro anos em Boa Esperança, no Sul de Minas.




Comentários