Caso do testamento: suspeito de golpe se envolve em confusão


O cuidador de idosos, suspeito de fraudar o testamento de um idoso de 82 anos, se envolveu em uma confusão após ter a liberdade provisória concedida pela justiça. Carlos Viana teria invadido a casa da vítima logo depois de deixar o Ceresp em Juiz de Fora, na Zona da Mata.




Comentários