Montes Claros: prefeito deve pagar salários atrasados de professores


Após dois meses de atraso, o prefeito de Montes Claros, anunciou, ontem à tarde (06), o pagamento de salários e rescisões atrasados referentes ao mês de dezembro de 2018, para os professores da rede municipal de ensino. Humberto Souto concedeu entrevista coletiva para explicar que irá fazer os pagamentos nos próximos dias. Segundo o prefeito, foi preciso entrar com uma ação no Tribunal de Justiça para conseguir autorização para usar os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) de 2019 para pagar os salários devidos. A autorização foi concedida, na última quinta-feira (28), pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Sobre os prazos para os pagamentos, o prefeito disse que depende do processo burocrático. Afirmou ainda que o governo não fez o repasse para o município.




Comentários