Balanço Geral

O ex-goleiro Bruno Fernandes perdeu o direito à progressão de pena para o semiaberto depois que a justiça reconheceu uma falta grave cometida por ele. A decisão, publicada ontem (11), foi baseada nas denúncias sobre o ex-jogador ter usado um celular para marcar encontros com mulheres em um bar.

Comentários